PublicidadeNEC

Caramuru admite atraso salarial, mas garante que está regular

Clube afirma que irá disputar a Superliga Nacional

Por: Lucas Matos em 08/06/2018 09:02:51 atualizado em 19/10/2018 07:24:55

Caramuru admite atraso salarial, mas garante que está regular
Regularidade financeira é exigida na Superliga - Foto: José Tramontin/Caramuru

Próximo do início da nova temporada, o Ponta Grossa Caramuru Vôlei se vê envolvido em uma polêmica. Segundo informações de bastidores obtidas pelo Net Esporte Clube, a equipe está com atrasos salariais referentes à última Superliga Nacional.

A situação se agravou após a publicação de um artigo opinativo no jornal "O Estado de São Paulo", afirmando que tanto o Caramuru quanto o Canoas (RS) poderiam ser vetados da competição nacional por descumprimento do regulamento.

"[texto_aspas]"O diretor de marketing do Alvinegro, Odilon Zimmermann, afirma que as informações publicadas no artigo são inverídicas e explica que toda a documentação necessária para a participação está regular.

“Muitas pessoas nos colocaram o artigo em pauta, mas ele é inverídico. Nossa documentação está certa. A ficha de regularidade financeira está em posse da CBV e foi enviada no dia 29 de maio - dois dias antes do prazo. Nós recebemos [a carta convite da CBV] e respondemos com um ofício sinalizando que participaremos da Superliga 2018/2019. É exatamente isso. Está certa a nossa documentação em relação à CBV”, reforça o diretor.

Zimmermann reitera que nunca houve ameaça à vaga do time ponta-grossense. “A nossa participação na Superliga nunca esteve em xeque. Do contrário, nós não estaríamos com os documentos que são exigidos via regulamento, via CBV”.

Segundo o dirigente, a única pendência com a CBV é o pagamento do boleto de inscrição na competição nacional, com vencimento no dia 15 de junho. A equipe do Net Esporte Clube solicitou ao Caramuru acesso aos documentos, mas, por se tratarem de papéis internos do clube, não pode acessá-los.

Em relação aos atrasos salarias referentes à última temporada, o diretor confirma que existiram, mas que a situação já está regularizada. “O que tem de real é que houve o atraso, mas boa parte de toda esta situação está regularizada”, conta.

O motivo alegado para as pendências salariais foi a dificuldade em fechar contrato com um dos patrocinadores.

“O problema aconteceu após atraso em contrato, atraso de repasse de patrocínio. Uma estatal particularmente com a qual tínhamos de ter agilizado o processo documental. Todo o tipo de contrato com estatais é conturbado. É um processo burocrático demais e houve atraso nessa documentação”, explica Zimmermann.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Volei/6234/Caramuru-confirma-atraso-de-salarios-mas-afirma-ter-situacao-regularizada" data-text="Caramuru admite atraso salarial, mas garante que está regular">
PublicidadeNEC