Colunas

Mapa de calor: Operário tem ataque congelado

Por Felipe Gustavo em 10/07/2019 09:54:23

Mapa de calor: Operário tem ataque congelado

O mapa de calor acima (tirado do Footstats) poderia muito bem ser de um meio-campista que se mexe pelos dois lados para armar a sua equipe; mas não é. Esse mapa de calor é do centroavante Schumacher, do Operário Ferroviário, na partida contra o Paraná Clube - a última do Fantasma antes da parada para a Copa América.

Schumacher, que deveria estar atuando próximo da área como referência, fazendo pivô e/ou finalizando, aparece mais na faixa do meio-campo ou pelos lados. Reparem que só há dois toques do jogador dentro ou muito próximo da área. O restante do setor é um imenso vazio em que o centroavante não consegue receber a bola.

Essa questão levantada não é necessariamente uma crítica ao 'camisa 9'; pelo contrário. O Operário foi no primeiro semestre de 2019 um time com criatividade reduzida pela faixa central. Muito em virtude da 'Cleytondependência'. Como o jogador mais criativo do elenco passou boa parte da temporada lesionado, o Fantasma não encontrou um substituto e ficou refém das jogadas pelos lados.

O cenário limita o centroavante a disputar jogadas aéreas e de força física longe da área, e obriga o 'camisa 9' a buscar o jogo pelos lados ou na linha dos meio-campistas. Um prato cheio para os adversários que tiram com facilidade o 'homem de referência' de perto do gol.

Uma alternativa nesse caso seria uma infiltração surpresa de um homem de meio na grande área, mas isso não aconteceu no Operário em 2019. A situação levou o Alvinegro a ser uma equipe que cria e finaliza pouco de perto do gol - fato que não se limitou a esse jogo contra o Paraná Clube.

A esperança para a volta da Série B é a recuperação plena de Cleyton - jogador que deve aumentar a criatividade e a produtividade do meio de campo. A possibilidade de um ataque mais móvel é uma aposta que pode dar certo. Para funcionar, esse sistema precisa de infiltrações de quem vem de trás e, acima de tudo, que um atacante esteja de fato perto do gol.

https://www.netesporteclube.com.br/coluna/204/mapa-de-calor:-operario-tem-ataque-congelado" data-text="Mapa de calor: Operário tem ataque congelado">
Felipe Gustavo

FELIPE GUSTAVO

Jornalista formado pela UEPG em 2012, foi repórter de Esportes do Jornal da Manhã e setorista do Operário pelas rádios CBN e Difusora. Trabalhou no projeto Futsal Daqui, além de ter sido jornalista na Rádio MZ FM. Trabalha como assistente de produção na Rede Massa. É editor e comentarista no Net Esporte Clube.

PublicidadeNEC