Colunas

Copa do Brasil: qual a chance de classificação do Operário para 2020?

Por Felipe Gustavo em 12/09/2019 15:01:39

Copa do Brasil: qual a chance de classificação do Operário para 2020?

O Operário Ferroviário não tem vaga garantida na Copa do Brasil 2020. Mesmo com uma boa campanha na Série B 2019, nada garante o Fantasma na competição nacional. A classificação inicial se dá pela campanha dos clubes nos campeonatos estaduais. No caso do Paraná são três vagas: Athletico (campeão do Paranaense), Toledo (vice-campeão) e Coritiba (3º colocado).

Caso o Furacão seja campeão da Copa do Brasil deste ano, a vaga ficará com o Londrina (4º colocado do Paranaense 2019).

Uma possibilidade de classificação alvinegra seria pelo Ranking de Clubes da CBF - que considera as campanhas nacionais dos últimos cinco anos. Porém, mesmo que termine a Série B com um desempenho satisfatório, o Operário não deve atingir uma colocação suficiente.

A tendência é que essas dez vagas fiquem com Palmeiras (SP), Santos (SP), Botafogo (RJ), Vitória (BA), Ponte Preta (SP), Paraná Clube (PR), Paysandu (PA), Juventude (RS), Londrina (PR) e Santa Cruz (PE).

Como os dois primeiros devem disputar a Libertadores, os times da sequência são Criciúma (SC) e Sampaio Corrêa (MA).

Se o Athletico for campeão e o Londrina se classificar pelo Paranaense, a próxima vaga do ranking deve ficar entre Bragantino (SP) e Brasil de Pelotas (RS). Ou seja, são muitas equipes à frente do Operário no Ranking de Clubes da CBF. Ainda há nesse meio times como Luverdense (MT), Botafogo (SP) e São Bento (SP).

ENTÃO QUAL A FORMA DO OPERÁRIO IR PARA A COPA DO BRASIL 2020?

Uma delas é sendo campeão da Série B 2019. O título da Segunda Divisão Nacional leva o clube direto para as oitavas de final da Copa do Brasil do ano seguinte. Mas há uma exceção. Se o campeão tanto da Libertadores quanto da Sul-Americana forem brasileiros, cai a vaga do campeão da Série B.

"Na hipótese do grupo de clubes brasileiros que disputará a Copa Libertadores tiver número superior a oito, o campeão do Campeonato Brasileiro da Série B/2018 deixará de acessar a Copa pelo critério 1 e iniciará a competição a partir da Primeira Fase, se houver conquistado classificação com base nos critérios 2 ou 3. Critério 2: Pertencer ao grupo dos 70 clubes oriundos dos certames estaduais/Distrito Federal, excluídos os clubes já identificados no critério 1", diz o regulamento. 

A segunda forma é torcer pelo Athletico na decisão contra o Internacional; e para Coritiba ou Londrina serem campeões da Série B. Essa combinação abriria uma vaga para o Operário pela campanha no Paranaense 2019, já que o time comandado por Gerson Gusmão terminou no 5º lugar geral. Nessa hipótese também não pode ocorrer título brasileiro na Libertadores e na Sul-Americana.

A última chance é que o Paraná ultrapasse Santa Catarina no Ranking de Federações. São quase dois mil pontos de diferença. Santa Catarina tem dois clubes na Série A, dois na Série B e teve o campeão da Série D. Em compensação, o Paraná tem no mínimo o vice-campeão da Copa do Brasil e quatro equipes na Série B.

Caso a ultrapassagem aconteça, a quarta vaga que o Paraná ganha vai para o Londrina. Aí o Fantasma torce para que o Athletico fature uma vaga na Libertadores da América; ou que Coritiba ou Londrina conquistem vaga direta para as oitavas da Copa do Brasil 2020.

https://www.netesporteclube.com.br/coluna/237/copa-do-brasil:-qual-a-chance-de-classificacao-do-operario-para-2020?" data-text="Copa do Brasil: qual a chance de classificação do Operário para 2020?">
Felipe Gustavo

FELIPE GUSTAVO

Jornalista formado pela UEPG em 2012, foi repórter de Esportes do Jornal da Manhã e setorista do Operário pelas rádios CBN e Difusora. Trabalhou no projeto Futsal Daqui, além de ter sido jornalista na Rádio MZ FM. Trabalha como assistente de produção na Rede Massa. É editor e comentarista no Net Esporte Clube.

PublicidadeNEC