E chegou o dia do pior jogo da temporada do Operário Ferroviário

E chegou o dia do pior jogo da temporada do Operário Ferroviário

Fantasma perdeu a primeira em casa e deixou seu torcedor desolado - Foto: João Vitor Rezende

A tarde do primeiro domingo de março de 2020 não foi nada agradável pro torcedor operariano. Se existia um combo perfeito para uma derrota, ele aconteceu: time apático, contra um rival com o time sub-23, jogando em casa e tomando 3 gols. Sem sombra de dúvidas, a partida contra o Athletico Paranaense pela primeira fase do Paranaense de 2020 não será bem lembrada. 

O Operário começou bem, marcando a saída de bola do adversário, tentando algumas jogadas e até tendo boas chances de abrir o placar. Mas, em uma infelicidade do reestreante Julinho, cometeu pênalti e sofreu o primeiro gol. 

A equipe parecia não ter sentido o peso do placar, e continuou mantendo a proposta de jogo. Mas, em um momento de desatenção e um recuo de bola com jeito de “apertei o botão errado no controle do videogame” do zagueiro Rafael Bonfim, Jajá, camisa 10 Athleticano, fez o segundo em dividida com o goleiro André Luiz. 

Apesar dos 2x0 no placar, o primeiro tempo foi razoável do Operário. Até aquele momento, dava a sensação de que havia sido sorte do sub-23 da capital. Mas o segundo tempo veio para decretar a vitória dos rubro negros. 

O Fantasma não conseguiu criar oportunidades diferentes de jogadas, apenas as já conhecidas chegadas até a linha de fundo pelas laterais e bolas alçadas na área. Além do mais, faltou fôlego pros jogadores, onde a recomposição da marcação demorava muito para acontecer e não era feita pelo time todo. 

A torcida vaiou ao final do primeiro tempo, parte dela foi embora antes mesmo do jogo acabar, e voltou a vaiar - e muito - após o apito final. Fica agora a expectativa, para não dizer pressão, para o jogo de quinta-feira (05), válido pela Copa do Brasil contra o América (MG).  

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
Thanile Ratti

Thanile Ratti

Jornalista formada pela UEPG em 2017, foi repórter e plantonista esportivo da Rádio CBN. Atualmente, além de comentarista do Net Esporte Clube, é diretora de conteúdo e sócia do Escritório de Criatividade.