Comissão que administra o PROESPORTE tem o mandato prorrogado até 2022

Programa viabiliza projetos voltados ao esporte em Ponta Grossa e no Paraná

Comissão que administra o PROESPORTE tem o mandato prorrogado até 2022

Em março deste ano, projeto de e-games da UEPG foi habilitado no PROESPORTE - Foto: Arquivo

A Comissão Estadual que está à frente do Programa de Fomento e Incentivo ao Esporte (PROESPORTE) desde 2018 ficará no mandato até 18 de abril de 2022. A Secretaria de Educação e do Esporte (SEED) tomou a decisão de prorrogar o mandato por conta da dificuldade dos processos administrativos no momento em que o país enfrenta a pandemia de coronavírus. 

O secretário da Educação e do Esporte, Renato Feder, e o superintendente do Esporte, Helio Wirbiski, também teriam levado em consideração análises e homologações referentes ao programa que ainda estão em andamento.  Em diário oficial, foram renomeados para continuarem pelos próximos dois anos o presidente, membros titulares indicados pela SEED, membros suplentes e demais cargos da comissão.

De 2018 para cá, Ponta Grossa teve vários projetos apresentados ao PROESPORTE. Em 2018, o programa concedeu à Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) uma verba para um projeto de desenvolvimento do futsal universitário da instituição. Em 2019, o 1º Aberto de Tênis dos Campos Gerais contou com subsídio financeiro do programa. Mais recentemente, antes da propagação do coronavírus, o projeto 'Player On: Circuito Ponta-grossense para Formação de Jogadores de Esports em Cenário Competitivo', de e-games da UEPG, foi habilitado em edital, mas ainda passaria por avaliação da comissão. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!