O Cincinnati Bengals assina Orlando Brown Jr. por 4 anos por $ 64 milhões

ben bebêRedator da ESPN2 minutos de leitura

O Cincinnati Bengals mostrou que leva a sério a proteção do quarterback Joe Burrow, assinando quatro vezes o tackle ofensivo do Pro Bowl, Orlando Brown Jr., em um contrato de quatro anos no valor de US$ 64 milhões, com US$ 43,5 milhões garantidos. caçador

O Bengals pagou um prêmio para conseguir Brown, uma ex-estrela do Kansas City Chiefs que foi um dos melhores tackles ofensivos disponíveis na agência gratuita. De acordo com Portner, o acordo paga US$ 42,3 milhões nos primeiros dois anos e inclui um bônus de assinatura de mais de US$ 31 milhões, o máximo para um jogador de linha ofensiva.

O bônus de assinatura é de US$ 10 milhões a mais do que Ted Karras, Alex Cappa e Lyell Collins receberam quando assinaram com o Bengals na última temporada.

Outras equipes que demonstraram interesse em Brown incluem o Pittsburgh Steelers e o New York Jets.

Ele imediatamente eleva uma linha ofensiva que melhorou em alguns momentos no bloqueio de passes, mas ainda está perto do último lugar da liga. Nas últimas duas temporadas, Burrow foi demitido 92 vezes, o maior número na NFL nesse período, e a linha ofensiva do Bengals está em último lugar na taxa de vitórias em passes, uma métrica da ESPN fornecida pela NFL NextGen.

Brown também se tornará o jogador mais talentoso do elenco. Ele é um dos quatro atacantes da NFL a ser nomeado Pro Bowler em cada uma das últimas quatro temporadas, junto com Jason Kelce, Quenton Nelson e Joel Bitonio. O wide receiver Ja’Mar Chase era anteriormente o único jogador na lista de Cincinnati com várias seleções do Pro Bowl (duas).

READ  Partido Trabalhista britânico reivindica vitória “sísmica” no referendo escocês

Se Brown continuar jogando como left tackle, Jonah Williams, ex-escolhido na primeira rodada, terá que encontrar uma nova vaga. Williams, que assumiu sua opção de quinto ano na temporada passada, é o principal titular do time no lado esquerdo da linha ofensiva desde que foi convocado em 2019.

Brown e os Chiefs não chegaram a um acordo de longo prazo na temporada passada, então ele passou a temporada jogando na franquia, ganhando cerca de US$ 16,6 milhões.

Brown, que completou 27 anos em maio, foi adquirido pelos Chiefs em uma troca de 2021 com o Baltimore Ravens. Ele foi o tackle esquerdo inicial em todos os jogos, exceto um em suas duas temporadas com o Chiefs. Ele foi uma seleção do Pro Bowl em ambas as temporadas, usando seu enorme corpo de 1,80 m e 340 libras para registrar uma taxa de sucesso de bloqueio de passe de 91,8%.

Ele jogou três temporadas pelos Ravens, onde foi principalmente um tackle de direita. Ele pediu para ser negociado em Baltimore para poder jogar como left tackle em parte porque queria cumprir uma promessa que fez a seu falecido pai, Orlando, um ex-offensive tackle da NFL.

Brown apareceu em 81 jogos (75 partidas) ao longo de suas cinco temporadas na NFL e foi selecionado para o Pro Bowl em cada uma das últimas quatro temporadas.

Adam Teicher da ESPN contribuiu para este relatório.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *