Operário chega a 35 jogadores no elenco para a disputa da Série B

Clube realizou 13 novas contratações desde o fim do Campeonato Estadual

Operário chega a 35 jogadores no elenco para a disputa da Série B

Operário realizou 13 contratações para a disputa do Campeonato Nacional - Foto: José Tramontin/OFEC

PublicidadeNEC


Com a saída de Jardel e as contratações de Leandro Vilela e Diego Cardoso, o Operário Ferroviário chegou a 35 jogadores no elenco, sendo 13 novos atletas apenas para a disputa da Série B do Brasileiro. Apesar do número, a Diretoria do Fantasma não descarta a possibilidade da chegada de novos reforços à equipe. 

Segundo o técnico Gerson Gusmão, a chegada de novos jogadores estava no planejamento do clube desde a disputa do Estadual. “O planejamento foi feito para isso, fazer um campeonato paranaense dentro daquilo que a gente conseguiu trazer e buscar mais atletas para a competição nacional, é isso que o clube vem fazendo. Acertamos em algumas, erramos em outras, não tem como ter 100% de acerto nas contratações, mas todo atleta que vem para o Operário a gente espera que possa desenvolver aquilo que fez o clube contratá-lo”, destaca. 

Entre os nomes que chegaram à equipe estão o meia Thomaz, primeiro reforço anunciado, ainda em junho; os laterais Fabiano e Alex Silva, utilizado apenas em um jogo até aqui; os volantes Mazinho e Pedro Ken, que vem revezando na titularidade; o zagueiro Ricardo Silva; o meia Clayton, que conseguiu espaço e foi titular nas últimas partidas; os atacantes Maranhão e Roger, que chegou como um dos nomes de maior destaque, mas acabou deixando a equipe com menos de 60 dias e apenas um gol marcado em oito partidas disputadas. 

Questionado sobre a necessidade de ter um número alto de jogadores no elenco, o treinador da equipe pontuou: “Precisamos ter cuidado com a maratona de jogos da Série B, como na semana passada, que fizemos 4 jogos em 10 dias e na semana que vem, que vamos ter 3 jogos em 7 dias. É o momento que olhamos os dados que a gente tem, para estarmos bem amparados de todos os lados e errarmos o menos possível em termos de optar por um atleta que possa sofrer uma lesão ou sobrecarga muito intensa. Por isso é tão importante termos opções em todas as posições”, declara Gerson.

Com exceção dos recém chegados, Leandro Vilela e Diego Cardoso, todos os reforços já foram utilizados pelo treinador. Diego será relacionado para a próxima partida, mas não deve jogar os 90 minutos, tendo em vista o condicionamento físico e o tempo sem atuar profissionalmente. 

O Operário volta a campo neste sábado (17), às 18h30, contra o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió, em jogo válido pela 16ª rodada da Série B.
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!