OFEC salta sete posições no ranking da CBF e sobe para o 43º lugar

Entre os times do Paraná, apenas Operário e Athletico ganharam posições

OFEC salta sete posições no ranking da CBF e sobe para o 43º lugar

Operário subiu do 50º para o 43º lugar no ranking nacional - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário garantiu sete posições no ranking nacional de clubes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Fantasma saltou de um 50º lugar na temporada de 2019 para o 43º, em 2020. 

O ranking é composto por um total de 90 clubes e serve, além de posicionar os times com melhor campanha na temporada, para classificar times de menor expressão para os mais diversos campeonatos da CBF, como a Copa Sub-20 e a Copa do Brasil. 

A definição de posições leva em conta não somente a última temporada de cada clube mas, também, a atuação das equipes nos últimos cinco anos. A CBF aplica pesos diferentes para cada ano e cada competição e, dessa forma, chega ao ranking final. 

Entre os times do Paraná apenas Operário e Athletico ganharam posição. O Fantasma deu o maior salto,  indo do 50º para o 43º lugar, enquanto rubro-negro da capital subiu da 6ª para a 5ª posição, ficando à frente de grandes times do futebol como Santos, Corinthians e São Paulo.

No ano do hepta-rebaixamento para a Serei B, o Coritiba perdeu uma posição, indo da 24ª para a 25ª. O Paraná Clube caiu do 26º lugar para o 29º, um total de 3 posições perdidas no ano em que caiu para a Série C pela primeira vez em sua história. Mesmo com a conquista do acesso à Série B, o Londrina foi o paranaense que mais perdeu posições. O clube caiu do 31º para o 37º lugar, seis posições perdidas.

Completam o top 10 do ranking: Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Internacional, Athletico, Santos, Corinthias, São Paulo, Atlético-MG e Cruzeiro (único representante da Série B).

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC