Picoli diz que principal desafio do Operário é controlar o emocional

Treinador acredita que time evoluiu taticamente apesar de derrota

Picoli diz que principal desafio do Operário é controlar o emocional

Picoli fala em aspecto emocional para explicar derrotas do Fantasma - Foto: Emmanuel Fornazari

PublicidadeNEC

Os próximos dias devem ser de muita conversa entre o elenco do Operário, a comissão técnica e a diretoria. E o cara a cara não será para explicar táticas de jogo e posicionamento, mas sim para adequar o emocional dos atletas.


Após a derrota para o Paraná por 2 a 1, que contou com a expulsão de dois atletas por jogadas ríspidas: Douglas Mendes e Lucas, o técnico Antônio Picoli anuncio qual tem sido o maior desafio à frente do Operário.


“Hoje nós melhoramos taticamente e demos mostrar de variações que podem ser aplicadas. Isto não me preocupa tanto. Talvez o que tenhamos que trabalhar mais é o emocional. Já tentamos algumas coisas e vamos utilizar agora outras estratégias”, aponta.


Essa não é a primeira vez que o treinador menciona a parte psicológica da equipe como um possível entrave para a evolução do futebol apresentado. Picoli já disse que temia que o título conquistado em 2015 trouxe responsabilidade exacerbada ao grupo.


“Este grupo é muito responsável. E de tão responsável que eles se cobram de um jeito como se tivessem que ser campeões novamente a qualquer custo”, reiterou o treinador ao lembrar que o título deve ser consequência e não pré-requisito.


Neste ponto, o discurso de Picoli confluiu com as palavras do gerente de futebol, Paulo Balancin. “Temos que entender que o Operário não é o Barcelona. Demoramos 100 anos para ganhar um título. Não vai ser todo ano que isso vai acontecer”, pondera.


Leia também:

Veja os gols da derrota do Operário para o Paraná


Balancin também garantiu em coletiva de imprensa que Picoli segue no comando técnico. O Operário volta aos treinos nesta sexta-feira (05) à tarde, a partir das 15h30. Pela programação, haverá trabalho com bola no campo da Kurashiki.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!