Operário vira sobre o São Bento e enxerga o 'G4' mais próximo na Série B

Fantasma sofreu nos instantes iniciais, mas Maílton e Marcelo decretaram a virada

Por: Felipe Gustavo em 19/10/2019 21:00:18 atualizado em 19/10/2019 21:33:26

Operário vira sobre o São Bento e enxerga o 'G4' mais próximo na Série B

Marcelo comemora o gol da virada no Germano Krüger; Fantasma alcança os 43 pontos na classificação - Foto: João Vitor Rezende

Operário vira sobre o São Bento e enxerga o 'G4' mais próximo na Série B
PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário voltou a vencer no Germano Krüger pela Série B do Campeonato Brasileiro. De virada, o Fantasma bateu o São Bento na noite deste sábado (19) por 2 a 1 e se reaproximou do G4 da competição. A partida válida pela 30ª rodada teve momentos opostos, com os mandantes tomando sustos excessivos no começo do confronto.

Classificação Série B

1º TEMPO

O Operário contava com as voltas do lateral direito Maílton e do atacante Lucas Batatinha, mas tinha uma mudança no sistema defensivo: Revson na vaga de Jardel. E foi justamente a marcação alvinegra que falhou feio nos minutos iniciais. Lanterna da Série B, o São Bento colocou o Fantasma na roda. Em 16 minutos, os visitantes já haviam finalizado 4 vezes.

Em duas oportunidades o goleiro Rodrigo Viana salvou o Operário: a primeira em chute cruzado de Paulinho Boia e a segunda em cabeçada de Joilson após cobrança de escanteio.

O time alvinegro nitidamente não se encontrava e sofreu o primeiro aos 17 minutos, quando Doriva apareceu dentro da área para finalizar de cabeça.

A pressão sofrida e o gol do rival serviram para o Fantasma acordar em campo. Depois de sofrer com vaias da torcida (Índio e Julinho eram os principais alvos da insatisfação), o time passou a ter mais volume ofensivo e alcançou o empate aos 22 minutos em cobrança de falta magistral do lateral Maílton.

Pouco depois, os donos da casa tiveram um gol anulado: Julinho fez boa jogada pelo meio e lançou para Cleyton, que tocou para Lucas Batatinha finalizar. A arbitragem, porém, já havia sinalizado impedimento do camisa 11.

Marcelo ainda teve duas chances claras. O meia viu Henal fazer um milagre no primeiro lance; logo depois - em duas finalizações seguidas dele - ambas explodiram no defensor adversário.

2º TEMPO

Com a mesma formação, o Operário começou a etapa complementar em cima do São Bento. Mas logo no primeiro minuto veio uma jogada inacreditável. Depois da cobrança de escanteio, a bola sobrou para o zagueiro Edson Borges, que se enrolou com ela e perdeu em cima da linha. Isso mesmo... perdeu o gol sobre a linha.

Com 10 minutos, o técnico Gerson Gusmão mexeu em dose dupla: Uilliam e Schumacher foram a campo nas vagas de Cleyton e Felipe Augusto. O Fantasma manteve o volume ofensivo e arriscava mais lances por cima.

O gol saiu dessa maneira aos 28 minutos. Na cobrança de lateral, Schumacher tentou, mas a jogada sobrou mesmo para o meia Marcelo; ele apenas raspou e viu a bola morrer no fundo do gol. Foi a virada alvinegra em Vila Oficinas.

O mesmo Marcelo ainda teve nos pés a chance de fazer o terceiro, mas o goleiro Henal foi ágil e segurou firme a finalização rasteira. O desperdício não fez falta, mas só permitiu que o torcedor respirasse aliviado aos 49 minutos, quando o árbitro apontou o centro de campo.

CONFIRA OS GOLS DO JOGO

PRÓXIMO JOGO

O Operário tem compromisso na capital paranaense pela 31ª rodada da Série B. O Fantasma pega o Coritiba no Estádio Couto Pereira. O confronto entre os dois clubes mais antigos do estado está agendado para quinta-feira (24), a partir das 21h30.

FICHA TÉCNICA

Operário: Rodrigo Viana; Maílton (Jonh Lennon), Alisson, Edson Borges e Julinho; Revson, Índio, Marcelo e Cleyton (Uilliam); Felipe Augusto (Schumacher) e Lucas Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão.

São Bento: Henal; Marcos Martins, Alisson, Joílson e Mansur; Vinicius Kiss (Caio Rangel), Minho, Doriva (Raphael Martinho) e Rodolfo; Paulinho Bóia e Zé Roberto (Dudu Vieira). Técnico: Luiz Fernando Paião.

Gols: Doriva (SBN), aos 17', e Maílton (OFEC), aos 21' do 1º tempo; Marcelo (OFEC), aos 28' do 2º tempo.
Cartões amarelos: Revson, Maílton e Schumacher (OFEC); Vinícius Kiss e Pablo (SBN)

Local/Data: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR) | 19/10/2019
Público pagante: 3.918
Público total: 4.467
Renda: R$ 43.435,00
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)

ESTATÍSTICAS*

Posse de bola

Operário 51% x 49% São Bento

Finalizações certas

Operário 6 x 4 São Bento

Finalizações erradas

Operário 10 x 11 São Bento

Passes certos

Operário 268 x 257 São Bento

Passes errados

Operário 30 x 38 São Bento

* Fonte: Footstats

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/8874/operario-vira-sobre-o-sao-bento-e-ve-o-g4-mais-proximo-na-serie-b" data-text="Operário vira sobre o São Bento e enxerga o 'G4' mais próximo na Série B">