Tudo o que você precisa saber sobre Guarani x Operário pela Série B

Guarani busca a vitória em casa para se garantir fora da zona da degola

Tudo o que você precisa saber sobre Guarani x Operário pela Série B

Operário vem de derrota em casa para o Bragantino; Guarani chega de empate fora contra o Vila Nova - Foto: João Vitor Rezende

Operário e Guarani entram em campo neste sábado (16) pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Em São Paulo, no Estádio Brinco de Ouro, o Guarani quer pontuar para continuar fora da zona de rebaixamento enquanto o Fantasma, com 0,03% de chance de acesso, tentará chegar à máxima pontuação possível no campeonato. 

O Operário enfrentou o Bragantino em casa na 35ª rodada e foi vencido por 2 a 0, estando a duas rodadas sem vencer na competição. O Guarani empatou em 1 a 1 com o Vila Nova fora de casa e não ganha um jogo desde a 32ª rodada, quando superou o Sport. 

Na tabela, o alvinegro é o 9º colocado, com 49 pontos - tem 13 vitórias, 10 empates e 12 derrotas. O Guarani é o 14º, com 41 pontos obtidos em 11 vitórias, oito empates e 16 derrotas. O time tem seis pontos a mais que o Londrina, primeiro time do Z-4, e vem tentando se garantir fora da zona de degola.

No primeiro turno da Segunda Divisão Nacional, os times se enfrentaram em Ponta Grossa no dia 20 de agosto. A vitória do Fantasma por 1 a 0 foi conquistada com gol de Cleyton ainda no 1º tempo e levou o Operário para a 8ª colocação naquele momento. Clique aqui e relembre como foi o duelo.

Como visitante, o Operário só venceu dois jogos e é o 4º pior time do campeonato fora de casa, com aproveitamento de 25%. O Guarani, no Estádio Brinco de Ouro, tem aproveitamento de 56% - em 17 jogos venceu oito, empatou quatro e perdeu cinco. 

Para essa rodada, na casa do Guarani, o técnico Thiago Carpini, não terá o zagueiro Diego Giaretta, que cumprirá suspensão - a tendência é que Luiz Gustavo seja o substituto. Já os atacantes Michel Douglas e Davó, e o volante Marcelo, estão reféns da parte física para saberem se poderão ou não serem utilizados.

Do outro lado, o Operário conta com o retorno de Alisson como opção na zaga. Sem atuar desde a partida contra o Brasil de Pelotas no dia 6 de outubro, o lateral-esquerdo Allan Vieira também voltou a ser relacionado e surge como mais uma opção. Por conta da probabilidade quase nula de acesso, o técnico Gerson Gusmão pode apostar em formações alternativas ou surpresas no elenco, mas não deu pistas. 

Os dois times só tiveram tempo para um treinamento tático. Em Ponta Grossa, atletas que iniciaram o jogo contra o Bragantino fizeram trabalho regenerativo na quarta-feira (13) e treinaram em arena society na quinta-feira (14) por conta das chuvas. O time seguiu viagem para Curitiba na quinta-feira durante a noite e para Campinas na sexta-feira (15). Do outro lado, o Guarani voltou ao interior paulista na quinta e fez um treinamento antes da concentração. 

Tanto o Fantasma quanto o Guarani possuem saldo negativo de gols - o Operário com -7, e o time de Campinas com -8. Antes de 2019, as duas equipes nunca haviam se enfrentado.

INGRESSOS 

Os ingressos de Guarani e Operário variam de 10 reais (meia) e 20 reais (inteira) na arquibancada da cabeceira a 20 reais (meia) e 40 reais (inteira) nos tobogãs, na arquibancada vitalícia e na arquibancada dos bisitantes. Os bilhetes podem ser adquirido na bilheteria do Estádio Brinco de Ouro no dia jogo, das 9h até o intervalo da partida.

TRANSMISSÃO 

A transmissão de Guarani e Operário será feita por três rádios de Ponta Grossa: Rádio Difusora, na frequência 105.9, Rádio Clube, na frequência 94.1, e Rádio Itay, na frequência 88,7. O Canal Premiere, que é detentor dos direitos de transmissão de imagens, também transmitirá o jogo.

TEMPO REAL

Acompanhe a descrição da partida minuto a minuto pelo tempo real do Net Esporte Clube. O #trNEC estará disponível pelo Twitter (@netesporteclube) e no site.

ESCALAÇÕES PROVÁVEIS 

Guarani: Jefferson Paulino; Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Thallyson; Marcelo (Deivid), Lucas Crispim, Arthur Rezende e Rondinelly; Davó e Diego Cardoso. Técnico: Thiago Carpini

Operário: Rodrigo Viana; Mailton, Rodrigo, Alisson e Peixoto; Jardel, Índio, Marcelo e Cleyton; Felipe Augusto e Lucas Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão

Desfalques: Sosa - problema pulmonar; Fábio, Gelson e Edson Borges - lesão (Operário); Diego Giaretta (Guarani)

Arbitragem: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ), assistido por Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

Compartilhe essa notícia com seus amigos!