PublicidadeNEC

Jornais e goteiras entram em quadra de novo; agora em empate do PYL Feminino

Partida válida pelo Paranaense atrasou em 30 minutos na volta do intervalo

Por: João Guilherme Castro, com supervisão em 02/06/2019 10:36:44 atualizado em 03/06/2019 08:53:33

PublicidadeNEC

Com muita chuva em Ponta Grossa, o PYL Futsal/Unisecal Feminino conquistou o primeiro ponto no Campeonato Paranaense após empate em 3 a 3 com a equipe do Toledo, na noite deste sábado (1°), no Ginásio Oscar Pereira. Mais uma vez a estrutura defasada prejudicou o jogo e colocou atletas em risco. Era possîvel perceber cerca de 20 goteiras.

Após o intervalo, o jogo recomeçou com quase 30 minutos de atraso. Arbitragem, jogadoras e comissões técnicas tentaram utilizar jornais na quadra para solucionar o problema, mas a chuva era tão forte que não resolveu.

O JOGO

O jogo começou movimentado com boas chances para as duas equipes. As visitantes tiveram oportunidade logo no início com um pênalti, mas não conseguiram converter. Após roubada de bola no campo de ataque, a equipe do Toledo abriu o placar com Vanessa.

O PYL Futsal tentou reagir, mas a arbitragem marcou mais um pênalti a favor do Toledo que, desta vez, aproveitou e ampliou para 2 a 0 com Karine. As ponta-grossenses ainda viram a diferença aumentar quando de novo Vanessa chutou cruzado e marcou 3 a 0. Somente ao final da primeira etapa a equipe princesina diminuiu com Yasmin, em cobrança de tiro livre direto.

Na volta do intervalo, as equipes precisaram esperar para ver se a chuva dava uma trégua. Como a quadra não estava em condições de jogo, as duas equipes foram consultadas para entrar em acordo sobre o andamento da partida. Após quase 30 minutos, o jogo recomeçou com jornais por toda a quadra do Oscar Pereira.

Logo na retomada, a equipe do PYL diminuiu a diferença com Bruna após boa jogada no campo de ataque. Depois de boas chances criadas, as ponta-grossenses chegaram ao empate com Yasmin. A equipe do Toledo buscou a todo custo a vitória, mas não conseguiu e o placar se fechou em 3 a 3.  O PYL conquistou o primeiro ponto no campeonato.

A técnica do PYL Futsal, Juciandre Capri, destacou o desempenho da equipe no primeiro jogo em Ponta Grossa. “Fomos superiores na partida, mas infelizmente não é quem é superior que ganha. O time acordou no segundo tempo e conseguimos recuperar o placar. O foco agora é quinta-feira contra o Cianorte”.

A capitã ponta-grossense, Yasmin, avaliou o resultado e salientou a preparação para a próxima rodada. “Não era o que a gente esperava, mas infelizmente no primeiro tempo e, em três momentos, pecamos na marcação e isso complicou o jogo. Agora é colocar a cabeça no lugar, voltar na segunda-feira para treinar e ver o que a gente tem de melhorar para conseguir uma vitória dentro de casa”.

DO OUTRO LADO

Pelo Toledo, a técnica Salete Conceição comentou as condições da quadra e o andamento da partida. “Nós viemos com o que tínhamos de melhor. Sofremos contra-ataques e isso foi desgastante. Em função das condições da quadra não conseguimos aplicar nenhuma tática de jogo, pois qualquer movimentação a bola ou a atleta parava nos jornais”, frisa.

CONDIÇÃO DA QUADRA

O Oscar Pereira, assim como outros centros esportivos de Ponta Grossa, sofre com a falta da manutenção. Ao final do mês de abril, o jogo entre PYL e Caramuru pela Série Bronze de Futsal Masculino também enfrentou problemas com a chuva. Já em maio, rodadas dos Jogos Estudantis Municipais (JEM) precisaram ser adiadas por conta das condições do ginásio. O governo municipal sinalizou com reformas pontuais, mas a indicação ainda não surtiu efeito.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Ponta-Grossa/8085/pyl-conquista-primeiro-ponto-no-paranaense-sob-forte-chuva-no-oscar-pereira" data-text="Jornais e goteiras entram em quadra de novo; agora em empate do PYL Feminino">