Após título inédito nos Jogos Abertos, NBPG se prepara para o 'Final Four'

Decisão do Paranaense acontece nos dias 2 e 3 de novembro em Pato Branco

Após título inédito nos Jogos Abertos, NBPG se prepara para o 'Final Four'

Conquista dos Jogos Abertos do Paraná embala NBPG para reta final do Campeonato Paranaense - Foto: Felipe Fachini/JAPS

PublicidadeNEC

O sudoeste do estado receberá o 'Final Four' do Campeonato Paranaense Masculino de Basquete nos dias 2 e 3 de novembro. Embalado pelo título inédito dos Jogos Abertos (JAPS), o Novo Basquete Ponta Grossa/CCR Rodonorte/Unisecal/LDPG busca o pentacampeonato do Estadual em Pato Branco.

As partidas acontecerão no Ginásio do Sesi, com as semifinais acontecendo na noite de sábado (2). Às 17h15, o NBPG, 3º colocado na primeira fase, enfrenta o Londrina, 2º colocado. Líderes na fase inicial, os donos da casa jogam às 19h30 contra Campo Mourão, dono da quarta melhor campanha. A decisão do terceiro lugar acontece na manhã do dia seguinte, às 9h15. Às 11h45, ocorre a final.

Com um início irregular na competição, o NBPG cresceu na reta final do campeonato e chegou a derrotar o adversário na semifinal fora de casa. "Durante a competição nós erramos muito e acertamos muito. A base dessas correções resultou nos resultados que tivemos agora no JAPS. Estamos focados em manter essas corações já feitas e acertar os ajustes finais para o Final Four", analisa o técnico da equipe, Milos Alexander.

Quando ainda era jogador, Milos disputou os Jogos Abertos e bateu na trave com o NBPG. Agora como técnico, destaca o bicampeonato conquistado com as mulheres e comemora a conquista inédita no masculino: “Fiquei muito feliz também por conquistar o bicampeonato com a equipe feminina. Esse título inédito no masculino vem para contemplar muita gente que passou pelo projeto, atletas e dirigentes que fizeram isso ser possível”.

Nos últimos dois anos, o Campeonato Paranaense foi decidido via playoff, com as equipes se enfrentando em uma série de jogos. Desta vez, no formato de ‘Final Four’, Milos reforça a preocupação pelo tiro curto da nova fórmula de disputa pelo título. "É uma situação parecida com a que tivemos nos Jogos Abertos, quem perder é eliminado. Enfrentamos no JAPS duas equipes que estarão no Final Four, Campo Mourão e Londrina, enquanto Pato Branco teve um time alternativo. Estamos preparados, sabemos da qualidade dos adversários que vamos enfrentar e esperamos manter o padrão ofensivo e defensivo que estamos tendo nesta reta final da temporada", comenta o técnico.

O NBPG tem dois dos três principais pontuadores do Estadual até aqui. Com média de 17,3 pontos por jogo, o pivô Nilson é o segundo maior cestinha com 173 pontos. Empatado com Weverton do ADRM Maringá, Wilsinho é o terceiro maior marcador com 141 pontos.

SOBERANIA
O título estadual também pode colocar a equipe ponta-grossense como a maior campeã da década. Enquanto o projeto de Ponta Grossa conquistou os títulos de 2015, 2016, 2017 e 2018, o Campo Mourão se sagrou campeão do Paraná nos anos de 2010, 2012, 2013 e 2014.

Além disso, pode ampliar o domínio da equipe desde 2013, ano que marcou o início da parceria com a concessionária CCR Rodonorte. Somando as competições masculinas e femininas na categoria adulta (considerando Campeonato Paranaense, Taça Paraná e Jogos Abertos), Ponta Grossa acumula 22 títulos em competições estaduais, seguido por Campo Mourão (4) e Londrina (3).

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC