PublicidadeNEC

Operário encara lanterna Nacional para permanecer dentro do G4

Fantasma pega outra vez o último colocado do Campeonato Paranaense

Por: ‎Emmanuel Fornazari em 08/03/2015 03:46:50 atualizado em 18/01/2019 03:33:49

Operário encara lanterna Nacional para permanecer dentro do G4

Jogadores e comissão técnica se concentram para partida diante do Nacional - Foto: Josué Teixeira

Operário encara lanterna Nacional para permanecer dentro do G4
PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) possui, basicamente, uma meta a ser cumprida no jogo contra o Nacional, a qual torna todas as outras realidade. Vencer significa, primeiramente, manter-se entre quatro melhores do Campeonato Paranaense.


De carona virão a retomada de confiança e motivação para enfrentar o Atlético-PR no Estádio Germano Kruger na quarta-feira (11). Os três pontos contra o Nacional neste domingo (08), às 16h, darão ainda mais ânimo à torcida alvinegra.


Porém, para conseguir o objetivo principal, o Fantasma precisa estar atento ao jogo aéreo do Nacional, como já frisara o técnico Itamar Schulle. Além disso, o campo de dimensões pequenas também promete deixar o jogo truncado em Rolândia.


Para tentar superar a defesa do último colocado do Estadual, o comandante alvinegro deve escalar dois meias ao invés de três volantes. A mudança visa deixar a equipe com mais mobilidade, visto que o estilo de jogo já indica uma postura ofensiva.


Leia também:

Sem Alex e Joelson, Operário relaciona 20 jogadores


O Operário tem hoje 10 pontos no Campeonato Paranaense contra nenhum do Nacional. É o jogo do quarto colocado contra o lanterna. O Fantasma viveu situação parecida quando venceu o Prudentópolis, na época, último colocado do certame, por 5 a 1.


Ficha técnica:


Operário: Jhonatan; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Marcelo Carvalho (Lucas), Pedrinho (Eliomar) e Ruy; Juba e Douglas. Técnico: Itamar Schulle.


Nacional: Aleks; Diego Fiuza, Léo Alemão, Balbinot e João Victor; Jobert, Ismael (Vitão), Ataíde e Jeferson Negueba; Vieira e Tcharles. Técnico: Dirceu Mattos.


Arbitragem: Lucas Paulo Torezin


Asssitentes: Arestides Pereira da Silva Júnior e Felipe Gustavo Schmidt


Data/Horário/Local: 07/03/15, às 16h, no Estádo Erich George
https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/295/Operario-encara-lanterna-Nacional-para-permanecer-dentro-do-G4" data-text="Operário encara lanterna Nacional para permanecer dentro do G4">
PublicidadeNEC