Além das peças no DM, Operário precisa recuperar atletas com saúde debilitada

Alvinegro teve menos opções nas duas últimas rodadas por questões clínicas

Além das peças no DM, Operário precisa recuperar atletas com saúde debilitada

Maílton ficou fora dos relacionados contra o Vila Nova e contra o Bragantino, por conta de uma virose - Foto: José Tramontin/ OFEC

PublicidadeNEC

O elenco do Operário Ferroviário não tem conseguido se manter o mesmo de rodada para rodada na Série B do Campeonato Brasileiro.  Nos dois últimos jogos, a equipe entrou em campo com seis mudanças em relação à partida anterior. Suspensões, lesões e problemas de ordem médica fazem com que o entrosamento entre os atletas precise ser reconstruído a cada jogo. 

Depois da derrota por 4 a 0 em Bragança Paulista, o técnico Gerson Gusmão chegou a falar, em entrevista coletiva, sobre a ausência de jogadores. “Quando se muda a equipe, as coisas ficam complicadas. Procuramos colocar em campo aqueles que estavam em melhores condições. Isso não é desculpa, mas hoje não conseguimos colocar a equipe perto do que a gente tem de melhor”, disse. De volta à Ponta Grossa, o time tem uma semana para que os atletas se recuperem e voltem à ser opção para a lista de titulares. 

Por conta de uma virose, o lateral Maílton não foi escalado nem contra o Vila Nova, nem contra o Bragantino. Felipe Augusto, artilheiro do time, também ficou fora dos dois jogos - estaria muito desgastado fisicamente. Jardel também não entrou em campo contra o Bragantino, debilitado por conta de uma gripe forte. Gersinho ainda citou Lucas Batatinha e Edson Borges em coletiva após o duelo com o em Bragança - segundo ele, ambos não estavam nas melhores condições de saúde pra entrar em campo, mas precisaram ser utilizados. 

O Operário tem, no Departamento Médico, Robinho e o goleiro Thiago Braga, além de Uilliam e Rafael Chorão, que fazem trabalhos de transição. Por fim, Sosa está afastado por conta do quadro de tromboembolismo pulmonar. Neste cenário, dos 28 atletas de linha do OFEC, só 19 estariam aptos para começar uma partida caso ela acontecesse neste momento. 

O Operário teve folga na terça-feira (13) e volta a treinar nesta quarta-feira (14), somente pela manhã. O time de Vila Oficinas volta a jogar na terça-feira (20), às 19h15, em Ponta Grossa.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC